Afinal, o que é uma Empresa Júnior?

 

Existem duas maneiras de se definir o que é Empresa Júnior (EJ). A primeira delas a define sob o enfoque jurídico. A segunda revela as características inerentes às atividades que são desenvolvidas na gestão. Portanto, se o objeto em questão é a apresentação da idéia para a Faculdade, o foco deve ser o conceito mais formal. Caso o interesse seja sensibilizar outros alunos, parceiros ou até mesmo clientes, recomendamos a utilização da segunda definição.


Formalmente, Empresa Júnior é uma associação civil, ou seja, com um objetivo comum e bem definido. Estruturalmente, é um grupo formado e gerido única e exclusivamente por alunos da graduação. Esta associação, para que seja configurada numa EJ, tem que ser declaradamente sem fins econômicos. A receita oriunda dos projetos deve ser reinvestida na própria EJ e não pode ser distribuída entre seus membros. Isto não significa que a EJ não possa remunerar seus membros, mas implica que toda movimentação financeira deva ser justificada. Geralmente, esta justificativa é feita sob a ótica do reembolso das atividades realizadas.


 

 

A EJ deve ainda ser considerada autônoma, respondendo por todos os seus atos. Para tal, a EJ não deve sofrer qualquer intervenção externa na sua gestão, nem do corpo docente nem dos coordenadores dos cursos. É conveniente frisar que interferência é diferente de orientação. Para que as ações fluam normalmente, é imprescindível a presença de alguém (professor ou algum profissional de mercado que atenda às exigências técnicas do momento) no acompanhamento da produção intelectual, sobretudo na confecção dos projetos.
Por fim, a EJ tem que ser configurada como política apartidária. Para conciliar interesses, a EJ se relacionará com diversas entidades, demonstrando sua vertente política. No entanto, não podemos confundir o relacionamento político com o envolvimento ideológico de partidos políticos.


Informalmente, costumamos definir a EJ como um grande laboratório prático do conhecimento técnico e em gestão empresarial. Diferentemente da maioria dos estágios convencionais, aqui você tem um alto grau de liberdade de se pensar em todos os processos da EJ. É local onde as soluções mais criativas são implementadas com certa facilidade, não encontrando burocracias.
A EJ ainda congrega preços acessíveis à excelência dos serviços prestados, por ter custos e despesas bem reduzidos e orientação com os melhores professores das mais renomadas universidades brasileiras.

Fonte: Filippe Apolo Gomes da Cunha. Brasil Júnior - DNA Júnior